Estágio de Medicina: como escolher entre hospital privado e público?

Será que existem diferenças entre estagiar em um hospital privado e um público? Descubra aqui e veja como escolher o seu estágio de Medicina!

Buscando um estágio de Medicina? Então, você já deve saber que o estágio se refere a um período de aprendizado em campo para o estudante.

Essa experiência permite vivenciar o dia a dia da profissão ao lado de profissionais já formados e capacitados para orientar os estudantes, sendo uma parte fundamental da formação, permitindo o aprendizado na prática.

A seguir, vamos falar sobre como escolher o melhor tipo de lugar para aprender e quais são as características dos hospitais públicos e privados para os estagiários. Continue a leitura e saiba mais!

O que faz um estagiário de Medicina?

Estudar Medicina vai muito além de pegar em livros e fazer longas jornadas de estudo. Boa parte do conhecimento é adquirida na prática, com a vivência clínica e o contato frente a frente com os pacientes.

E essa é uma das partes mais empolgantes do aprendizado, não é mesmo? Viver o que é visto nos livros é uma grande oportunidade. No entanto, o estagiário não tem acesso livre aos procedimentos, pois ainda não dispõe do conhecimento necessário para tal.

Dessa forma, o estagiário de Medicina pode:

  • ajudar com o preenchimento de formulários e prontuários;
  • cuidar da anamnese inicial;
  • participar da triagem;
  • fazer prescrições, com supervisão do responsável;
  • administrar algumas medicações, também com supervisão, entre outros.

O principal objetivo do estágio é permitir que o estudante observe. Nessa fase da carreira, você poderá acompanhar consultas e procedimentos e aprender muitas dicas sobre a rotina da profissão.

Estágio e internato são a mesma coisa?

Eles apresentam algumas diferenças. O estágio para estudante de Medicina não é obrigatório e pode ser feito antes do quinto ano de faculdade. Conta como atividade complementar e ajuda na obtenção de créditos para a formação, tendo, normalmente, a duração de algumas semanas ou meses.

O estágio obrigatório, no entanto, é chamado de internato. É feito nos quinto e sexto anos de graduação, com uma carga horária muito maior (com limite de 40 horas semanais).

Por que fazer um estágio de Medicina?

Agora, veja alguns motivos para fazer um estágio enquanto estuda Medicina.

Experiência

O ganho de experiência é um dos principais motivos pelos quais fazer um estágio é uma ótima decisão. Mesmo não podendo participar ativamente dos procedimentos, os alunos aprendem muito apenas observando e estando em contato com os pacientes.

Casos clínicos

A visualização em tempo real do desdobramento dos casos clínicos é muito importante para a formação de um profissional da saúde. Essa prática permite que você mescle o conhecimento teórico com a prática e faz com que você chegue nos seus primeiros empregos com um raciocínio clínico mais desenvolvido.

Contato com os pacientes

Conversar com os pacientes é uma das melhores formas de aprender Medicina e desenvolver habilidades essenciais para os médicos do futuro. Dois exemplos são a empatia e a comunicação.

Confiança

Bons profissionais também são aqueles que têm confiança no próprio conhecimento. Por isso, os estágios ajudam os estudantes a desenvolverem, pouco a pouco, essa característica.

Melhoria do desempenho acadêmico

Por fim, os estágios de Medicina também são uma estratégia para quem quer otimizar as notas e obter melhores resultados na faculdade. Com mais bagagem prática, fica bem mais fácil compreender os conceitos teóricos e aplicá-los em provas e trabalhos.

Onde fazer um estágio de Medicina?

Agora, você deve estar se perguntando onde fazer esse tipo de estágio, certo? A resposta é bem simples: em ambulatórios, clínicas e hospitais públicos e privados.

A oferta de vagas varia, mas é comum que todos esses lugares abram espaço ou até editais para a realização de concursos, para que os acadêmicos possam adquirir mais conhecimento. Lembrando que esses estágios não são necessariamente remunerados.

Qual tipo de hospital escolher?

É comum que os estudantes fiquem em dúvida sobre selecionar uma instituição pública ou privada para fazer os estágios, sem saber ao certo qual seria a melhor opção. A verdade é que não há uma resposta correta.

Tanto os hospitais públicos quanto os privados são locais que preservam a qualidade, com profissionais capacitados e infraestrutura necessária. O que vale é você avaliar, por si mesmo, essas condições e ver quais ofertam mais oportunidades para a sua formação.

Alguns fatores que devem ser avaliados são:

  • especialidades;
  • vagas nas especialidades;
  • profissionais que atuam no local;
  • infraestrutura;
  • complexidade de casos atendidos ali e quais você quer ver ao longo do seu estágio.

Outros pontos que merecem atenção são os horários e a proximidade do local com a sua casa ou faculdade. Conforto e praticidade também devem contar muito nessa escolha.

Em resumo, não se apegue às divisões entre instituições públicas ou privadas. Há hospitais e clínicas de referência em ambas as alternativas. Cabe a você escolher o que há de melhor para o seu objetivo profissional.

Como conseguir um estágio de Medicina?

A conquista de um estágio para acadêmicos de Medicina deve ser feita a partir das buscas do próprio estudante. É preciso ficar de olho em sites de recrutamento profissional (como o NUBE ou o CIEE) ou em sites de hospitais. Assim, você se atualiza sobre os processos seletivos.

Alguns exemplos são os processos seletivos da Rede D’Or São Luiz e da Rede Mater Dei, ambas privadas. No entanto, pesquise para ver se não há mais opções próximas a você.

Já para os hospitais públicos, há maneiras diversas de conseguir tais estágios. Uma dica é ficar de olho no possível lançamento de editais dessas instituições ou conferir a possibilidade de ingressar em programas do Ministério da Saúde.

Gostou de entender melhor o estágio de Medicina? Agora é com você! Chegou a hora de ir a campo e pesquisar mais sobre o assunto, ingressando em programas que realmente te capacitem como profissional e ajudem na sua formação médica.

Aproveite e assine a newsletter da Inspirali! Assim, você continuará por dentro das novidades da área e receberá muitas dicas para melhorar sua vivência como estudante de Medicina. Basta preencher seu e-mail no campo correspondente.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top