Gastroenterologia: o que é, rotina, atuação, salário e muito mais!

Conheça mais sobre a Gastroenterologia, uma das especialidades médicas em alta do mercado!

Atua na área de Medicina e está em busca de uma especialidade interessante? Então, ao buscar saber o que é Gastroenterologia, pode estar no caminho certo! Se não conhece tão bem essa divisão médica e tem dúvidas sobre o assunto, continue a leitura.

Ao longo da nossa conversa, discutiremos alguns detalhes importantes sobre a área. Vamos mostrar como esses profissionais atuam, qual é a rotina desses médicos e muitos outros detalhes. Confira as informações sobre essa especialidade, agora!

Gastroenterologia: o que é?

O aparelho digestivo é um dos mais complexos do nosso organismo, responsável pela digestão e absorção de diversos nutrientes. Certos órgãos do sistema também têm função endócrina.

Sendo assim, a Gastroenterologia estuda o sistema digestório, focando prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças que afetam órgãos como o intestino, o fígado, o estômago e muitos outros.

Quais as áreas de atuação do médico gastroenterologista?

O médico gastroenterologista pode seguir dois caminhos: a atuação clínica ou a cirúrgica. Ambos têm jornadas diferentes para serem alcançadas. Por exemplo: o cirurgião precisa estender a formação, a fim de descobrir técnicas cirúrgicas para o aparelho digestivo.

No entanto, isso não é tudo. Dentro das especialidades do gastroenterologista, temos também subespecialidades. Um exemplo é o segmento de Endoscopia Digestiva.

Como é a rotina do médico gastroenterologista?

A Gastroenterologia é uma das especialidades médicas que permitem uma rotina tranquila, caso esse seja o desejo do profissional. Ele pode atuar como fixo em um hospital ou clínica (até mesmo, um negócio próprio).

Além disso, pode trabalhar atendendo instituições variadas ao longo da semana e fazendo plantões, caso deseje. No entanto, a estabilidade é uma marca dessa especialidade, permitindo que a rotina seja mais controlada.

A rotina pode variar muito de acordo com os objetivos e as preferências de cada profissional.

Como é o mercado de trabalho para o médico gastroenterologista?

O mercado de trabalho para esse profissional é extremamente promissor. O estudo Demografia Médica, de 2020, nos mostra que há pouco mais de cinco mil profissionais com esse título no Brasil. Ou seja: há muito espaço para crescimento na área, principalmente, para médicos mais especializados e que investem em pós-graduações no segmento.

A boa notícia é que você pode acumular títulos, especializando-se também em Endocrinologia, Medicina do Esporte, Nutrologia e outras áreas que possam ter alguma relação com a Gastroenterologia. Assim, capta pacientes e presta a eles um serviço ainda mais personalizado e exclusivo.

Qual a remuneração do médico gastroenterologista?

A Gastroenterologia é uma das áreas mais bem pagas da Medicina. O profissional clínico, o gastroenterologista, recebe por volta de R$5.718,00 ao mês. No entanto, o salário pode facilmente superar os R$11.000,00. O mesmo valor é válido para o cirurgião do aparelho digestivo.

Vale lembrar que essas são apenas estimativas. O salário real dependerá de muitos fatores, como o local em que trabalha, o estado de atuação e o número de horas trabalhadas e plantões feitos ao longo do mês. Não há uma resposta única!

Quais as competências do médico gastroenterologista?

Confira, a seguir, algumas das habilidades e competências que o gastroenterologista precisa ter!

Disciplina

Todo médico precisa ter uma boa dose de disciplina. Isso é fundamental não apenas para cumprir horários e ter responsabilidade, mas para guiar as rotinas de estudo, que nunca cessam nessa área.

Vontade de aprender

Por conta da constante evolução da Medicina, o médico nunca para de estudar. Isso não é diferente quando o assunto é o gastroenterologista!

Familiaridade com a tecnologia

Muitos procedimentos na Gastroenterologia são realizados a partir de recursos tecnológicos. Então, os médicos dessa especialidade precisam dominar esse conceito ou, pelo menos, estar abertos a aprender mais sobre ele.

Humanização

Ser um profissional humanizado é essencial para qualquer especialidade médica. É preciso ter tato, saber lidar com as demandas e receios do paciente e prestar um atendimento personalizado.

Boa habilidade de comunicação

A comunicação é a chave de uma boa anamnese, de um bom atendimento geral e, também, de um excelente engajamento por parte dos pacientes. Trabalhe essa habilidade à exaustão!

Bom raciocínio lógico

Por fim, os melhores gastroenterologistas são aqueles que têm um raciocínio lógico acima da média. Saber unir as peças e ver o paciente como uma pessoa completa, e não um sintoma, é de suma importância.

Como fazer parte da área de Gastroenterologia?

De modo geral, há dois caminhos para ingressar nessa área. Os dois, no entanto, começam da mesma maneira: com a realização da faculdade de Medicina, com duração de seis anos.

Após a obtenção do diploma, é hora de escolher entre residência e pós-graduação. A primeira é feita ao longo de dois anos para os gastroenterologistas. Para se especializar em cirurgia, o médico precisará fazer dois anos de residência em Cirurgia Geral e, depois, mais dois anos em Cirurgia do Aparelho Digestivo.

A pós-graduação, no entanto, é outro caminho para os gastroenterologistas clínicos. Ela também tem duração média de dois anos e pode ser feita no sistema híbrido, facilitando a rotina do profissional.

Com a pós, é possível trabalhar e estudar ao mesmo tempo, algo que não é viável quando o assunto é a residência. Depois, é necessário fazer uma prova de título para garantir que esteja pronto para atuar nessa especialidade.

Gostou de saber o que é Gastroenterologia? Agora, é hora de definir se essa será ou não a sua especialidade médica para o futuro! Lembre-se de que o profissional que você será só é definido a partir das escolhas feias por si mesmo. Há espaço para todos que desejam ser bem sucedidos na Medicina!

Antes de ir, aproveite e conheça a nossa Pós-Graduação em Endoscopia Digestiva. Essa é uma das possibilidades de atuação para quem faz Gastroenterologia, sendo um curso eficiente e que trará muitos diferenciais para o currículo.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top