Conheça os números da
Missão Africa

0 mil
Atendimentos realizados
0
Dias de missão
0
Comunidades atendidas
0
Estudantes participantes
0
Profissionais envolvidos

Por que a Missão África?

A 1ª Missão África acontece de 24/01 a 07/02/24, em parceria com a ONG Sementes da Saúde. Durante esse período, 30 estudantes e 13 professores do curso de Medicina das Escolas Inspirali terão a oportunidade de visitar e auxiliar pessoas de 10 vilarejos diferentes em Benin, mais precisamente nas cidades de Adjarra e Ganvie. O principal objetivo da Missão é fornecer cuidados médicos a uma população extremamente vulnerável. Além disso, deseja-se proporcionar aos missionários uma experiência de desenvolvimento profissional e humanitário. 

“A Missão África tem o objetivo de realizar atendimentos médicos para a população que vive em condições carentes na região e de levar apoio a quem mais precisa. Além disso, citando o contexto histórico, cerca de 80% dos escravos que chegaram ao Brasil vieram deste país. É uma maneira de prestarmos suporte e tentarmos reparar os acontecimentos passados como podemos.”

Conheça um pouco sobre Benin...

Saiba como funciona e quem pode participar da Missão África...

Conheça um pouco mais sobre o projeto Missão África, inspirado na conexão entre pessoas e propósito. Uma jornada de cuidados especiais, onde a tecnologia se encontra com vidas para transformá-las.

Como funciona?

Os missionários utilizarão como base o Centre de Santé de Adjarra, um hospital já em funcionamento na região, e irão se dividir em equipes para ajudar nos vilarejos locais. Além das intervenções cirúrgicas e visitas domiciliares, também serão realizadas ações de educação em saúde nas escolas, com foco em higiene sanitária, escovação, orientação sexual e alimentação.  A expectativa é realizar aproximadamente 500 atendimentos por dia nesta 1ª Missão, oferecendo serviços de saúde e realizando pequenas cirurgias. 

Quem pode participar?

A Missão África conta como uma atividade prática e de extensão universitária no currículo das Escolas Inspirali. Podem participar estudantes que já possuem histórico em ações voluntárias, já participaram e se destacaram em alguma das edições anteriores da Missão Amazônia e estão nos dois últimos anos da graduação. 

Conheça os alunos selecionados para a Missão África

Todos estes estudantes embarcaram rumo a Benin, na África, onde permanecerão em atendimento até o dia 07 de fevereiro.

Amanda do Nascimento
Gabriela Dachi de Araújo 
Gabriela Guglielmi
Lara Franz Matias
Lara Gonzaga Azevedo
Maria Cláudia Ramos Baião
Pamela Altíssimo
Rafael Farias Turnes
Rodrigo Rodrigues
Sabrina Silva
Fellipe Brasil
Laura Lima
Paula Guimarães
Gabriel Belinati
Gabriela Matos
Jéssica Cuba
Katia Keiko
Natieny Guerra
Wesley Mota Conceição
Priscila Alkmim
Renê Dantas Machado
Aline Oliveira de Souza 
Thomás Vargas
Graziele Cristina
Pamela Oliveira
Mariana de Oliveira
Lidia Santos
Lucas Tadeu

Conheça os profissionais

Estes são os docentes e profissionais da Saúde que embarcaram nesta Missão, levando cuidado e esperança.

Conheça os apoiadores da Missão África

A Missão África não seria possível sem o apoio de pessoas e organizações que acreditam em nosso propósito. Juntos, estamos levando esperança, conforto e oportunidades para aqueles que mais precisam. Saiba quem faz parte dessa jornada e compartilha conosco o compromisso de tornar o mundo um lugar melhor. 

Ministério da Saúde e Ordem dos Médicos de Benin 
Embaixada Brasileira em Benin

Cronograma

24 de janeiro

Embarque para África

Toda a equipe parte de Guarulhos/SP, faz escala em Paris e segue para Benin.

26 de janeiro

Acomodação e organização da equipe e início dos atendimentos na cidade de Adjarra.

02 de fevereiro

Deslocamento da equipe para início dos atendimentos em Ahamey-Lokpo (village alagado).

04 de fevereiro

A equipe vai conhecer a rota dos escravos na cidade de Ouidah e volta aos atendimentos em Adjarra.

07 de fevereiro

Dia 06/02 inicia a volta e finaliza com o desembarque no Brasil.

Acompanhe a Missão

Sobre a Inspirali

A Inspirali é o principal ecossistema de educação médica do Brasil. Aqui, utilizamos um modelo de ensino continuado, com metodologias ativas de aprendizagem e tecnologia de ponta, tudo com o objetivo de formar médicos humanizados e transformadores. Nosso foco está em atender às necessidades dos nossos estudantes e dos seus pacientes. Nosso propósito: inspirar o amor pela vida, por meio de uma educação médica transformadora, centrada no cuidado integral da saúde das pessoas. 

TIRE SUAS DÚVIDAS

Perguntas mais frequentes

Separamos algumas perguntas e respostas que vão te ajudar a entender e conhecer melhor a Missão África.

Ainda está com dúvidas?

Entre em contato agora com nosso time pelo e-mail e nós esclareceremos todas as suas dúvidas.

01

Por que a Missão África acontece em Benin? 

A Missão África tem o objetivo de realizar atendimentos médicos para a população que vive em condições carentes na região e de levar apoio a quem mais precisa. Além disso, citando o contexto histórico, cerca de 80% dos escravos que chegaram ao Brasil vieram deste país. É uma maneira de prestarmos suporte e tentarmos reparar os acontecimentos passados como podemos. 

A Missão África acontece de 24 de janeiro a 7 de fevereiro. No total, serão 15 dias. 

Ao todo, 30 alunos e 15 professores foram selecionados para participar da Missão África. Todas as Escolas de Medicina da Inspirali estão aptas a participar, sendo elas: Universidade Anhembi Morumbi, Universidade Salvador, Universidade Potiguar, UniSul, Universidade São Judas Tadeu, AGES, UniFG-BA, Faseh e UniBH. 

O critério de seleção foi definido pela Comissão da Missão África, com base na experiência que os alunos que participaram das edições anteriores da “Missão Amazônia” possuem na expertise de atendimentos em situações adversas. 

Os atendimentos acontecem em comunidades nas cidades de Adjarra e Ganvie. 

A contagem acontece de forma totalmente digital, através de tablets com o uso da plataforma ProntLife, que está desenvolvendo um software exclusivo para a Missão África. São esperados 500 atendimentos diários, cerca de 7.500 em toda a Missão. 

Durante as Missões, os estudantes e professores realizam palestras/treinamentos que são chamados de “Saúde Nas Escolas”. Na oportunidade, são passadas algumas orientações como escovação adequada para crianças e outras noções educativas. 

Devido às limitações na infraestrutura de internet local, não será possível realizar publicações em tempo real de fotos ou vídeos relacionados à Missão África. Quando contarmos com condições acessíveis, procederemos com as devidas postagens. 

Vamos inaugurar a Casa do Voluntário, que será o alojamento oficial dos nossos estudantes e docentes. Após a Missão, irá permanecer para outros missionários ou atividades. 

A língua oficial de Benin é o francês, sendo que o “fom”, “bariba”, “iorubá” e “dendi” também são falados localmente. Os alunos estão recebendo aulas de francês para que eles possam se comunicar com os residentes da região. Além disso, guias e tradutores acompanharão os missionários. 

Scroll to Top